08 abril, 2010

mini-van


Então, estamos de carro novo. Me senti alta e poderosa olhando todos por cima. Em compensação nas curvas, parece que tô dirigindo uma van. Daí eu me lembrei da Paulinha que é tia de escolar e passa a maior parte do tempo dentro de uma van. Deve ser ruim bagarái dirigir aquilo.
Mas o esqueminha de atender o celular no rádio do carro é buuuuuiiiiiidolegal!
Eu me acostumo. Owww se acostumo!

"mas pra quê essa boca tão grande???"
"pra te comer!!! vou te comer! vou te comer! vou te comer! vou te comer!"

Meu marido é grande tá, precisa de carro grande tá.

Um comentário:

Nat Vaz disse...

Quando eu penso que o meu único desejo aqui é que meu ônibus circule a noite inteira...