21 março, 2012

em que a palavra proferida poderá influenciar seu futuro

Aí que eu resolvi dedicar meus esforços para mudar de emprego e escolhi uma determinada profissão em que necessariamente haverá investigação da vida pregressa, o que me levou a esse post.

Comecei a reler tudo o que já escrevi nesse blog e tbem num outro que eu tive e pensei, até que ponto as coisas que externalizei aqui poderão ser usadas contra mim??? Sabe aquela história de filme "tudo o que você disser poderá ser usado contra você", então, no meu caso "tudo o que eu escrevi poderá e será usado contra mim????

Por mais que escrevamos em sentido figurado ou façamos menção a histórias de terceiros, querendo ou não você mostra um pouquinho (alguns um muitão) da sua personalidade para quem lê. Você então pergunta e daí?!? Daí que eu fiquei preocupada. huahuahuahauhauhauhauhauhauhauhauha Será que meu passado bloguístico iria me condenar ou me enaltecer????

Qual será a conclusão que quem lê as histórias (e a visão que tenho sobre elas) que escrevo aqui tira a meu respeito???
Confesso que tenho medinho da resposta - ninguem gosta de ser rejeitado, muito menos quando se trata da sua personalidade, pq aí caracteriza rejeição por completo, não simplesmente aquela da pessoa te olhar e ter uma certa visão superficial a seu respeito, mas a rejeição a você por inteiro, por dentro e por fora - se tiver foto ainda colabora com a visão externa)

E agora José?!?!?! A festa acabou, a luz apagou...

4 comentários:

Anna Monte Alegre disse...

Oi Silvinha,

Estamos no mesmo barco, eu também fico com medo de me encontrarem e isso me prejudicar de alguma forma. Mas eu li em alguma edicao da veja que ter um blog apenas colabora na hora da selecao, porque significa que voce é uma pessoa que tem algo a dizer!
Eu tambem me interessei pela receita do bolo de milho!
bjsss

Silvinha disse...

Amanhã eu posto a receita. :-D

Cristiano disse...

Em nenhuma entrevista que fiz ninguem me perguntou se eu sou blogueiro...

Mas ser lido por alguem que a gente conhece da um arrepio, pq o blog é a gente e a gente é o blog.

Um abraço!

Luana disse...

Se perguntarem se eu tenho um blog eu dou o meu na boa.. serio.. Eu sou e reclamo de (quase)tudo que eu coloco no blog... e confesso que na aria acadêmica - melhor dizendo, onde tem físicos - isso soa tao legal quanto eu dizer que esquio... Ta cheio de gente que tem blog... Então eu não esquento não... E eu costumo não expor outras pessoas...